Pages

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Prévia do Dia dos Namorados!!!!



Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...


Florbela Espanca

3 comentários:

Marília K. disse...

Lindo...

o amor, de todas as formas, desde que puro, é válido e faz bem a quem ama e a quem é amado.
Beijos, amo-te!

AcidLove disse...

Vou respeitar a Florbela pela admiração. E por compartilhar a opinião de que não existe amor pra vida inteira.

Já acreditei nisso duas vezes... pretendo não cair mais nessa besteira!

Esses dias conversando com uma "PESSOA JOVEM" que veio com um papo de: "quero amar pro resto da vida alguém" eu calei minha boca.

Fiquei pensando como eu não deveria estragar o sonho de alguém... Vai que ela dá a sorte que eu não dei, né?!

Cyndie disse...

Perfeito...